in

Hora de assumir os fios brancos! Namorada de Keanu Reeves, explica porque não pinta o cabelo

A artista plástica Alexandra Grant, nova namorada de Keanu Reeves, sofreu críticas por escolher não pintar o cabelo e deixar os fios naturais. Nesse ano, muito se falou sobre assumir o grisalho, tanto para homem, como para mulheres. E, em entrevista ao “New York Post”, Alexandra revelou por qual motivo se nega a pintar o cabelo. “São alarmantes as estatísticas que ligam o câncer de mama com as tinturas usadas nos cabelos. Comecei a ter cabelos brancos quando tinha uns 20 anos, e ao longo desse processo eu pintei o cabelo de todas as cores possíveis, mas não consegui tolerar mais a toxicidade das tinturas. Quando fiz 30 anos, deixei que ele ficasse branco”, disse.

Discreta no Instagram, a artista usou a rede social para falar um pouco mais sobre o assunto: “Adoro que cada mulher possa escolher qual aspecto quer ter em cada idade, e apoio de coração, mas se estiverem falecendo por causa da beleza, então devemos começar a questionar esses padrões. Meu amor a todas as mulheres”, escreveu.

Alexandra Grant e Keanu Reeves assumiram o relacionamento no começo de novembro. O ator nunca havia aparecido com uma namorada no tapete vermelho ao longo de 35 anos de carreira. O seu último relacionamento oficial, com Jennifer Syme, teve um final trágico. Enquanto o ator gravava Matrix, a filha do Casal, Ava, nasceu morta aos oito meses de gestação. Devido ao luto, o relacionamento chegou ao fim, mas os dois continuaram amigos até que Jennifer foi morreu em um acidente de carro em 2001.

What do you think?

Written by Ricky Terezi

Jornalista, produtor cultural, agora blogueiro, filho de Terezinha e Alvimar.
Natural de Montes Claros-MG. Mora em New York.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

GIPHY App Key not set. Please check settings

Google divulga a lista do que os brasileiros mais buscaram na net em 2019

New York Post chama Rodrigo Santoro de “Brad Pitt brasileiro”