in

Pensa em morar em Portugal? Saiba como financiar um imóvel

Financiar um imóvel em Portugal pode ser mais fácil do que parece, além de ser uma boa saída para contornar o aumento dos preços no Brasil, causado pelo recente aquecimento no mercado.

Cada vez mais estrangeiros compram propriedades no País, seja para investir em aluguéis, montar uma casa de férias ou mudar definitivamente. Quem sabe você não é o próximo?

Os planos de financiamento variam conforme o banco e o imóvel. As taxas de juros ficam entre 2,5% e 4% ao ano, com financiamento de até 70% do valor da propriedade. Em média, o prazo é de 35 anos, podendo subir para imóveis novos ou descer para compradores de mais idade.

Documentos necessários

Por se tratar de um processo que envolve troca de titularidade entre indivíduos de diferentes nacionalidades, é necessário a apresentação de uma série de documentos. Eles servem para comprovar as intenções do comprador e se há condições financeiras para tal procedimento. Confira a lista completa:

– NIF, o número de contribuinte português, equivalente ao CPF no Brasil;

– Passaporte brasileiro;

– Três últimos contracheques ou recibos de pagamento mensal;

– Imposto de renda dos últimos 3 anos;

– Três últimos meses de extratos bancários de todas as contas que possuir;

– Carteira de trabalho assinado, contrato de trabalho ou outro comprovante equivalente;

– Declaração de idoneidade do Serasa/SPC.

Bancos portugueses

Para financiar um imóvel em Portugal, abrir uma conta em um banco português facilita muito na hora de transferir o dinheiro do Brasil e concluir o negócio, além de ajudar na obtenção de um bom plano de crédito habitacional.

Vale dar uma pesquisada nas taxas e na reputação dos bancos que atuam no País, o que pode ser feito no site do Banco de Portugal, a entidade equivalente ao Banco Central, no Brasil, e órgão regulador do sistema financeiro português. Confira as principais instituições financeiras do País:

– Caixa Geral de Depósitos;

– Santander Totta;

– Deutsche Bank Portugal;

– BPI.

Eles também oferecem uma ferramenta de simulação para financiamento, que pode ser acessada aqui.

Documentação do imóvel

Para liberar o financiamento, também é preciso entregar toda a documentação relativa ao imóvel. Em geral, as imobiliárias ou o corretor responsável ajudam na elaboração e solicitação desses papéis. São eles:

– Certidão do Registro Predial, também conhecida como certidão de teor, confirma e legitima o proprietário e o comprador. Informa todos os donos que o imóvel já teve, possui validade de seis meses e pode ser solicitada online;

– Caderneta Predial, que serve para os interessados saberem qual a situação fiscal do imóvel. Deve ser solicitado na Secretaria de Finanças da cidade onde está a propriedade;

– Licença de Utilização, que atesta para que serve o imóvel pretendido, informando se para uso comercial ou residencial. Deve ser solicitada na prefeitura;

– Ficha Técnica de Habitação, que contém descritas as características técnicas e funcionais do imóvel. Também deve ser solicitado na prefeitura.

imóvel em portugal
O processo necessita de uma série de documentos tanto do comprador quanto do imóvel (Foto: Shutterstock)

What do you think?

Written by Ricky Terezi

Jornalista, produtor cultural, agora blogueiro, filho de Terezinha e Alvimar.
Natural de Montes Claros-MG. Mora em New York.

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

GIPHY App Key not set. Please check settings

Hotel oferece oportunidade de hóspedes devolverem itens roubados com direito a recompensa

Conheça 12 alimentos que dão energia